Qualidade de vida relacionada com a saúde em crianças e adolescentes portugueses: estudo numa população escolar

Ana Teresa Maria, Carolina Guimarães, Inês Candeias, Sofia Almeida, Catarina Figueiredo, Ana Pinheiro, Cristina Silvério, Margarida Chaves, Helena Pedroso, Sara Martins

Resumo


Introdução: A avaliação da qualidade de vida relacionada com a saúde na população permite a identificação de necessidades em cuidados de saúde e facilita a avaliação do impacto de intervenções implementadas. O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade de vida relacionada com a saúde numa população escolar e identificar subgrupos com menor qualidade de vida relacionada com a saúde.

Métodos: Estudo transversal, amostra aleatória de adolescentes do quinto a oitavo ano de escolaridade. Usaram-se questionários de qualidade de vida relacionada com a saúde KIDSCREEN-27® adolescentes / pais com cinco dimensões: bem-estar físico, bem-estar psicológico, relações familiares / autonomia, relações sociais e ambiente escolar. Foi avaliado objetivamente o peso, estatura e calculado o índice de massa corporal.

Resultados: Foram incluídos 431 adolescentes com idade média 12,8 anos, 52,7% raparigas. Doença crónica reportada em 14%.
Prevalência de sobrepeso 31,5% (obesidade 13,2%, excesso de peso 18,3%). Resultado KIDSCREEN-27® global 52,7, superior aos resultados europeus (T-value 50,0). Verificaram-se resultados significativamente inferiores nas raparigas na dimensão bem-estar psicológico (p < 0,001), nos adolescentes acima dos 12 anos em todas as dimensões, nos adolescentes com doença crónica na dimensão bem-estar físico (p = 0,026) e nos adolescentes com sobrepeso nas dimensões global (p < 0,001), bem-estar físico (p < 0,001), bem-estar psicológico (p = 0,030) e relações sociais (p = 0,035). Os pais pontuaram qualidade de vida relacionada com a saúde inferior em todas as dimensões, de forma significativa em ambiente escolar (p = 0,047).

Discussão: O sexo feminino, a maior idade, a existência de doença crónica e sobrepeso afetaram negativamente a qualidade de vida relacionada com a saúde em pelo menos uma dimensão. As políticas de saúde e educação devem considerar estes subgrupos de risco na promoção da saúde.


Palavras-chave


Adolescente; Bem-Estar da Criança; Indicadores de Saúde; Inquéritos e Questionários; Inquéritos Sobre Saúde; Obesidade Infantil; Pais; Peso Corporal; Portugal; Qualidade de Vida

Texto Completo:

PDF

Apontadores

  • Não há apontadores.


 

Licença Creative Commons Desde 2011, todo o conteúdo (excepto onde indicado) está licenciado sob uma Licença Creative Commons 3.0.